Arquivo de junho de 2011

16 de junho de 2011
Real forte: bênção ou castigo?

(publicado no jornal Valor Econômico em 16/06/2011)
Na terça-feira desta semana, a taxa de câmbio fechou em seu nível mais baixo dos últimos tempos, voltando aos dias áureos de 1999 quando o real entrou em flutuação, depois de ter amargado um janeiro de trevas.

Ontem, o dólar entrou em rota de alta, recuperando o terreno perdido nos dois dias anteriores. Entre um movimento e outro, 250 mil diferentes análises e prognósticos se levantam. Uns para um lado, outros, para outro. Sempre que o real se valoriza, a indústria grita. Sempre que o dólar se valoriza, o mercado se agita.

Mas os movimentos desta semana não passam de oscilações provocadas por impressões instantâneas. O dólar caiu porque a liquidez internacional se estreitou. O dólar sobe porque os dados da economia dos Estados Unidos são ruins e a Grécia voltou a virar um campo de batalha! Grandes diferenças de taxa de câmbio de um dia para o outro têm, efetivamente, o efeito de garantir ganhos para uns e perdas para outros nas operações realizadas no mercado, mas o relevante não é isso e sim o comportamento do câmbio ao longo dos anos. [ leia mais ]