Arquivo de fevereiro de 2014

24 de fevereiro de 2014
Renda, de volta a 1964

por Maria Clara R. M. do Prado

(publicado em 20/02/2014 no Valor Econômico)

 

Às vésperas da data que marcará os 50 anos do golpe militar de 1964, o Brasil depara-se com um fato extraordinário e muito revelador: a distribuição de renda, medida pelo índice Gini, voltou praticamente ao que era em 1960.

A economia brasileira poderia estar hoje em patamar mais avançado em termos de renda, de mercado e de investimentos, não fossem as políticas de concentração dos anos 60 e 70, a consequente década da crise do endividamento, e as hiperinflações que comeram a renda, principalmente das classes mais baixas, entre o final da década de 80 e a primeira metade dos anos 90. Ufa! Quanto desastre acumulado!

O último índice Gini apurado pelo Ipea – que tem sido usado pelo governo como referencial – é de 2012, apontando para um nível de 0,530 de desigualdade, algo mais próximo de uma sociedade minimamente mais equilibrada, resultado de muito suor no combate à inflação, de políticas distributivas de renda e de um pujante mercado de trabalho.

Todo o esforço ocorrido nos últimos vinte anos, desde o Plano Real, conseguiu recolocar o índice Gini no mesmo patamar de 0,530 em 1960, contabilizado segundo as pesquisas desenvolvidas na época, tomando por base os censos de 1960 e de 1970. Não se conhece ainda o índice Gini do Ipea para 2013.

[ leia mais ]